Governo do Distrito Federal
16/12/22 às 15h36 - Atualizado em 17/12/22 às 10h46

Aprovada regularização das Feiras Livres de Samambaia

 

Feirantes esperam há 33 anos por essa medida, nos comércios da EQN 311/313 e EQN 508/510

 

LEANDRO CIPRIANO

 

Feira Modelo, na EQN 508/510, foi uma das beneficiadas

Após 33 anos de espera, um novo passo foi dado em direção à regularização das chamadas Feiras Livres de Samambaia. Na última reunião do ano do Conselho de Planejamento Territorial e Urbano do Distrito Federal (Conplan), realizada nesta quinta-feira (15), os conselheiros votaram, de forma unânime, a favor dos projetos da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) para regularizar os lotes das feiras da EQN 311/313 e da EQN 508/510, conhecida como Feira Modelo.

 

Ambas não constituem unidades imobiliárias registradas em cartório e estão em áreas públicas. Por isso, para trazer mais segurança jurídica aos feirantes e atendendo a uma demanda antiga da comunidade local, a Administração Regional de Samambaia solicitou a regularização dos locais ocupados.

 

Com os projetos da Seduh, a feira da EQN 508/510 passa a ocupar um terreno de 5.298,75 m². Além disso, na área usada para estacionamento serão criadas 234 vagas regulares para carros, motos e bicicletas. Já a EQN 311/313 vai ocupar uma área de 5.904,20 m², com a criação de 273 vagas para carros, motos e bicicletas.

 

“Essas regularizações são importantes, inclusive, para possibilitar investimentos e melhorias nas feiras. Elas não podiam receber, por exemplo, emendas [parlamentares] para serem aprovadas, porque as feiras não eram regularizadas. Situação que vai mudar a partir da regularização desses equipamentos públicos”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Mateus Oliveira, presidente do Conplan.

 

Regularização das feiras foi aprovada pelo Conplan

Vitória

 

Para quem trabalha nesses locais, a iniciativa é uma verdadeira vitória. Emocionada, a presidente da feira da EQN 508/510, Genacy Soares, foi uma das feirantes que celebrou a aprovação. Ela participou da reunião e agradeceu aos conselheiros e a Seduh pelos votos favoráveis.

 

“Tenho 33 anos de Samambaia e são 33 anos de luta pela feira, que é uma das mais movimentadas de Samambaia”, lembrou Genacy. “Estou chorando de alegria, porque já tinha cinco mandatos que nenhum governo fazia nada. Agora, finalmente, nos ouviram. Muito obrigada”, comentou.

 

Feirantes comemoraram as aprovações no Conplan

Presente na reunião, o administrador regional de Samambaia, Claudeci Martins, pontuou que a regularização do espaço é importante para trazer mais dignidade ao trabalho dos feirantes, que aguardam há muito tempo por essa oportunidade. “É um sonho. São 33 anos de angústia. É um gesto muito simbólico para todos nós que somos de Samambaia”, ponderou.

 

“É uma felicidade poder votar um assunto tão relevante como esse, que vai contribuir para tantas famílias de Samambaia. São processos de 15, 20 anos, que estavam aguardando, mas, neste governo, estamos tendo uma resposta positiva”, elogiou Ruth Stéfane, conselheira relatora dos projetos e representante da Prefeitura Comunitária dos Moradores da Colônia Agrícola Sucupira (Precomor).

 

Próximos passos

 

Depois da aprovação no Conplan, as Feiras Livres de Samambaia serão incluídas em um Projeto de Lei Complementar (PLC) elaborado pela Seduh, que reúne outros lotes com equipamentos públicos em várias regiões administrativas do DF que estão pendentes de regularização.

 

O PLC então será encaminhado para análise da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF). Depois disso, deverá ser sancionado pelo governador Ibaneis Rocha.

 

Acompanhe a Seduh nas redes sociais
@SeduhDF
@SeduhDF
@SeduhDF
seduhdf.comunicacao@gmail.com